Talvez, à primeira vista, esse título pareça um pouco bobo. Por que alguém investe em renda variável? Obviamente para obter proventos baseados no crescimento da economia e mercado, além de compreender melhor esse mercado em questão. Mas esse artigo é para contar um pouco se eu, que ainda tento proteger cada centavo do meu dinheiro porque ainda luto contra alguns dos medos que os ricos dizem que devemos perder, tenho boas razões para investir em renda variável.

E a resposta é sim, tenho várias razões.

A primeira de todas é: diversificar é preciso.

A economia sofre variações em suas diversas categorias, então tendo uma porção de dinheiro em cada tipo de investimento (isso tem que ser bem pensado também, não dá para sair investindo sem entender do que se trata o investimento) é possível passar bem por essas oscilações.

A segunda é: enfrentar o medo de riscos e obter lucro através dele.

Quem aposta alto, tem a chance de faturar alto. E com essa chance, vem junto a chance de perder alto também. Mas para aprender a lidar com esses riscos, você precisa enfrentá-los e conhecê-los bem para que se tornem riscos controlados em sua carteira. Se você não leu o nosso primeiro texto sobre isso, confira aqui.

Sempre fui a típica pessoa “mão de vaca”, que tem que segurar a onda de economizar de vez em quando. Então essa reconciliação com a ideia de arriscar é algo que tem me ajudado bastante na minha educação financeira.

A terceira é: compreender as flutuações do mercado financeiro.

Quando você só investe em renda fixa, a segurança é enorme, mas você fica muito “dentro dos muros”. Estudando e investindo em renda variável, você começa a identificar e entender melhor aquelas oscilações pelas quais você tenta passar bem quando diversifica. E consequentemente a experiência ajudará a diversificar e ir passando por elas melhor também.

Por último: fazer parte de um negócio que você acredita.

Essa é uma das minhas razões preferidas. Quando compramos ações, nos tornamos sócios das empresas. Acreditar e apostar no crescimento de um empreendimento que nos agrada, vê-lo crescer e ainda obter proventos disso é muito bacana.

Essas motivações foram suficientes para me tirar do conforto da exclusividade da renda fixa para pegar uma parte do meu dinheirinho e lançar em mar aberto na renda variável. Demorei bastante para criar a coragem e ainda hoje eu tenho a sensação de que a minha cabeça nunca vai se livrar da mentalidade de renda fixa exclusiva. Me pego sempre tentando analisar fundos imobiliários como CDBs ou outros investimentos, mas tenho a sorte de ter bons nortes para acordar e mudar de direção a tempo.

Por mais que pareça muito complexo e demande muito estudo, é um esforço para que você possa cuidar melhor do seu patrimônio e daquilo que você também estuda e se esforça muito para obter com trabalho.

É isto, bons estudos, bons investimentos e atenção sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s