Cenário de Selic baixa, bolsa no topo, recorde de cotistas nos Fundos de Investimento Imobiliários. Enquanto isso, os profetas do apocalipse colocaram a mira na Renda Fixa e já decretaram ela como “morta”. Esqueça esses caras.

Em qualquer cenário econômico, os profetas do apocalipse, normalmente analistas, corretoras, jornais, revistas, e sites de investimentos, costumam colocar um verdadeiro terror nos pequenos investidores. Uma hora é para tirar tudo da bolsa, outra hora é pra colocar tudo no Tesouro Direto, outra hora é pra colocar tudo em FIIs (Fundo de Investimento Imobiliário), outra hora coloca tudo em ouro e Bitcoin, e outra é pra vender até as calças e colocar na bolsa. Veja a imagem abaixo que retirei de um site de investimentos:

Screen Shot 2019-11-11 at 13.21.56.png
Exemplo de um dos profetas do apocalipse que sempre desaparecem depois de um tempo.

Todo esse terror desnecessário causa uma sensação de que você está perdendo a próxima “grande oportunidade” de ganhar muito dinheiro ficando de fora de certos investimentos da moda. Quando, na verdade, você deveria estar 100% focado na sua capacidade de gerar, e aumentar, a sua renda, poupar e, principalmente, cuidar da sua saúde e da sua família.

Você não fica rico de uma “paulada” só, ganhar uma vez R$50.000,00 não vai te deixar rico. O que te deixa rico é investir parte da sua renda em patrimônio que aumente de valor no longo prazo e você possa desfrutar da renda passiva desse patrimônio no futuro.

Infelizmente, esse é um processo chato e demorado. Não é de interesse da corretora, analistas e governo que você tenha essa filosofia.

Eles ficam sedentos para morder o seu dinheiro através da corretagem e Imposto de Renda em cada giro de patrimônio que você faz. Lembre-se também que muitas revistas e jornais são propriedade de bancos e corretoras.

Sem falar que girando seu patrimônio, você nunca irá aproveitar o poder exponencial dos juros compostos no longo prazo.

Veja essa notícia lá de 2013, quando Eike Batista era o símbolo da esperança do desenvolvimento do Brasil:

Screen Shot 2019-11-12 at 20.53.13.png
Só de ver “oportunidade” eu já corro pra longe.

Se você não conhece a história: essa (e outras empresas dele) abriram capital na bolsa e nunca deram R$1,00 de lucro. As ações foram de alguns milhares de reais para migalhas em poucos anos, muita gente quebrou a cara, o dono saiu “por cima” até ser preso há algum tempo, até, finalmente, virar youtuber.

O sensacionalismo nos números dessas manchetes são intencionais para pegar os “sardinhas” da bolsa de valores. Enquanto a corretora está “desovando” as ações antes do barco afundar, ela solta a matéria em seu site de notícias para os gananciosos que não sabem o que estão fazendo caírem na lábia e comprarem as ações a qualquer preço no mercado na esperança de ficarem ricos de uma “paulada” só.

Agora, a moda é “abandonar a Renda Fixa”. Em uma rápida busca na internet para fazer este texto, vi uma série de blogs com as seguintes manchetes:

Screen Shot 2019-11-12 at 21.00.44.png
Manchetes de blogs variados que achei por aí.

Quem afirma isso não tem o menor compromisso com seus leitores. Um investidor iniciante lê uma matéria dessas, transfere 100% do seu precioso capital para a bolsa, 2 anos depois o patrimônio cai 60%, e aí?

Pior: tem gente que vende a casa própria para colocar tudo na bolsa de valores sem ter a mínima ideia do que está fazendo por influência de manchetes como essas.

Há algum tempo, a moda era investir em debêntures e em COEs (Certificados de Operações Estruturadas). Hoje, as debêntures estão totalmente esquecidas, há muito mais vendedores do que compradores no mercado secundário, e as empresas estavam emitindo títulos de dívida apenas para fazer caixa, sem pretensão de usá-lo para investir em suas operações. E nos COEs, o seu dinheiro fica na mão da corretora por vários anos e ela toma grande parte dos seus ganhos.

Hoje todo mundo esqueceu e a vida seguiu.

Agora, após seguidos cortes na taxa Selic, a Renda Fixa “morreu” instantâneamente.

Claro que os títulos atrelados ao CDI e Selic estão rendendo juros nominais menores, isso não posso negar. Porém, lembre-se que o IPCA também está bem baixo, em torno de 2,89% neste ano.

Os juros reais não sofreram tanta variação, de 2,93% ano passado para 2,45% no momento de publicação deste artigo. O que vale são os juros nominais, não adianta um investimento render 20% ao ano e a inflação ser 19% no mesmo período. Veja abaixo:

Screen Shot 2019-11-13 at 20.01.14.png
Acima os juros reais em 2018, abaixo até Set/2019 (Cálculo no Clube dos Poupadores)

Títulos do Tesouro, por exemplo, continuam com rendimentos interessantes no longo prazo, além de serem os investimentos mais seguros do país. São perfeitos para investidores que desejam acumular patrimônio para os próximos 26 anos com baixo risco. Os bancos continuam emitindo CDBs com até 141% CDI e também títulos que rendem acima da inflação através de corretoras. A Renda Fixa continua viva para quem sabe o que está fazendo.

Eu continuo investindo em Renda Fixa.

Agora você pode pensar: Eu ouvi dizer que o Brasil vai ter juros reais negativos, aí sim a Renda Fixa vai morrer.

Juros reais negativos se dá quando a inflação é mais alta que a taxa de juros básica. Exemplo: Inflação 4% e Selic 3%. Ou até mesmo um cenário de Selic negativa, assim como em alguns países desenvolvidos (Suíça e Japão, por exemplo).

Não sou economista, não tenho MBA na área, não sou analista de mercado, nem tenho experiência trabalhando em corretoras, minha visão é: juros reais negativos podem ser uma realidade no curto prazo, mas não durarão muito tempo. O Brasil não é um país politicamente estável e isso reflete diretamente na economia, basta ver o que aconteceu na política nos últimos 4 anos para concluir isso.

Qualquer instabilidade afetará os juros e, só pelo fato do Brasil ser um país em desenvolvimento, já apresenta risco para investidores. Afinal, quanto maior o risco, maior deve ser o retorno.

E o que vai acontecer depois que os juros voltarem a subir?

“Saiam da Bolsa!”, “A Bolsa morreu!”, “Vão todos para a Renda Fixa”, “O Brasil vai falir!”, “Cansado de perder dinheiro na bolsa? Invista em debêntures!”, “Invista na bolsa americana através de COEs”, “Venda sua casa e coloque tudo no Tesouro Direto”.

O ciclo começa novamente.

Não adianta tentar adivinhar o futuro, continue trabalhando, poupando e colocando seu dinheiro em patrimônio de valor. Um mês investe em ações de boas empresas, outro no Tesouro Direto, outro em CDBs, outro em cotas de bons FIIs, e por aí vai. Tenha a certeza que fazendo isso, você está no caminho certo para a riqueza financeira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s