No momento que escrevo este artigo, o Ibovespa (índice que mede os rendimentos das ações mais negociadas na B3) atingiu 107 mil pontos. Uma marca histórica, nunca esteve tão alta. Essa grande onda de otimismo na bolsa, juntamente com a SELIC baixa, incentiva muitos investidores iniciantes a migrar para a renda variável. Mal sabem que a boca dos tubarões está pronta para abocanhá-los.

Tenho plena certeza que William Bonner noticiou no jornal de maior audiência do país que a bolsa acabou de bater um recorde histórico e que todos os investidores estão felizes e eufóricos com o crescimento da economia neste e nos próximos anos. Quem nunca investiu em bolsa de valores fica logo querendo entrar nesta onda de alta buscando dinheiro fácil, começa a buscar informações na internet (ou com amigos) e se depara com notícias, vídeos e perfis de investidores falando que devem correr urgentemente para a Bolsa e que a Renda Fixa está com os dias contados, pois logo teremos juros reais negativos no Brasil (inflação mais alta que a SELIC).

Então ocorre o grande movimento de entrada na bolsa, uma enorme quantidade de gente cai de paraquedas e não tem ideia do que fazer e, mais uma vez, buscam conselhos com youtubers, corretoras, membros de grupos de investidores nas redes sociais e com amigos que nunca ganharam, ou ganharam muito pouco, dinheiro na renda variável.

O número de investidores que perdem dinheiro na bolsa é altíssimo. Dados de Junho/2019 mostram que apenas 7,9% das pessoas que fazem operações de Day Trade (compram e vendem ações no mesmo dia) sobrevirem a mais de 300 pregões (dias de operação) e as perdas variam de R$35 até mais de R$1.000 por dia.

Se 87,1% dos “day traders” vendessem água e brigadeiro na rua todos os dias, ou dirigissem um Uber, ganhariam no longo prazo mais dinheiro do que na bolsa.

Vou fazer uma generalização forçada agora: quem costuma fazer operações de Day Trade ou foi demitido do emprego “fixo”, ou acredita que ganhará muito dinheiro e será o próximo “Lobo de Wall Street”. Essa é a realidade que eu vejo em comunidades e grupos de investidores nas mais variadas redes sociais.

Screen Shot 2019-10-22 at 20.50.48.png
A vida desejada por muitos iniciantes na Bolsa de Valores (Fonte: Vanity Fair)

Ao invés de continuarem se dedicando à família, saúde e trabalho (nesta ordem), a esmagadora maioria dos investidores iniciantes buscam a próxima “oportunidade” de ficar rico do dia para a noite. Resultado: prejuízo, noites de sono perdidas, ficam olhando preço de ações no horário de trabalho/lazer/estudo. Finalmente saem da bolsa desacreditados e chamando ela de “cassino”.

Pessoas que se comportam desse jeito na bolsa recebem o carinhoso apelido de “sardinha”, são pequenos nadadores no mar, não sabem o que estão fazendo e são presas fáceis para os “tubarões”. Apelido que se dá para os grandes investidores: Fundos de Investimentos, Bancos, Corretoras e Pessoas Físicas detentoras de grandes fortunas.

Normalmente, os poucos tubarões na bolsa abocanham o dinheiro de um número enorme de sardinhas.

Ainda bem que podemos aprender com os erros e arrependimentos dos outros, não precisamos colocar o “nosso na reta” para, pelo menos, ter noção do que não fazer. O Lucas Pit, um irreverente youtuber que fala de investimentos em renda variável, relatou como perdeu R$150.000,00 em apenas um dia de operação. Ele achou que operar alavancado (com o dinheiro dos outros) na bolsa de mercadorias e futuros era uma boa ideia para ganhar dinheiro sem esforço, mal sabia ele que um vazamento de áudio entre um empresário do setor de carnes e um ex-presidente da república poderia colocar tudo abaixo. Veja o relato completo neste vídeo.

Ele mostra exatamente o que fez para perder tal quantia, meu conselho é: veja o vídeo e preste muita atenção quando ele fala das lições aprendidas.

Também já vi relatos parecidos como o dele em vários grupos de investidores em redes sociais, acharam que o dinheiro na bolsa era fácil, quebravam a cara seguindo conselhos de terceiros e acabavam perdendo dinheiro. Para você ter ideia, a “ação queridinha” do momento é a de uma empresa de telefonia que está em recuperação judicial há 2 anos e meio, lotada de dívidas e prejuízos e, até agora, a única luz no fim do túnel é um projeto de lei que está embolando no Senado.

Isso é o que eu chamo de tranqueira. Mesmo assim, muitos estão “voando” para essa ação como um verdadeiro cardume de sardinhas.

Qual a conclusão que eu quero que você tire desse texto: não ache que a bolsa de valores é uma máquina de fazer dinheiro e que você ficará rico andando de jatinho e iates em poucos anos.

Quando a bolsa está em tendência de alta, é muito fácil ganhar dinheiro. Mas quando a maré baixa, vemos quem está nadando pelado. O seu dinheiro, seu futuro e o da sua família estão em jogo quando você investe na bolsa de valores. Se você fizer do jeito certo, acredito muito que você terá um futuro financeiro muito próspero.

Se você quiser saber qual é o jeito certo, não deixe de acompanhar os próximos artigos que esceverei. Até lá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s