Você já teve aquela sensação de estar “deixando a vida passar”? Sente-se obrigado a assitir a um filme ou  à uma série porque todos os outros estão? Vê a “vida perfeita” de outra pessoa nas redes sociais e sente aquela ansiedade? Isso tem nome, se chama “Fear of Missing out” ou FOMO (tradução livre: Medo de estar perdendo).

Imagine a situação: depois de uma intensa semana de trabalho, você finalmente vai descansar em casa. Liga sua televisão, faz uma pipoca, escolhe um filme e vai relaxar. De repente seu telefone vibra, seu melhor amigo acabou de ter marcar em uma postagem. Você, inocentemente, clica na notificação e vê um vídeo de todos os seus amigos reunidos em uma festa, todo felizes, dançando (ou fazendo qualquer outra coisa que você goste) e só faltando você. Pronto, sua noite de relaxamento acabou, bateu a FOMO.

Esse tema despertou meu interesse recentemente porque estamos em um ano em que várias mídias pop estão encontrando seu “fim”. Sagas como “Os Vingadores”, “Game of Thrones”, “X-Men” ou “Star Wars”, só para citar alguns. E notei que as pessoas ficam muito desesperadas para consumir essas mídias, por medo de spoilers, de não se enturmarem nas rodas de conversas de estarem estagnadas enquanto o mundo está girando. Enfim, com medo de ficar de fora.

Isso pode nos levar a agir de forma primitiva, tudo para fugir dos nossos medos e da dor. Veja o vídeo abaixo de uma confusão em um supermercado na França após uma famosa marca de chocolate e avelã diminuir o preço do seu produto por alguns dias:

Esse medo, essa ansiedade causada por achar que a vida está passando e você está parado, é conhecida como a FOMO. Alguns artigos científicos a descrevem como:

Um desejo de estar continuamente conectado com que os outros estão fazendo.

ou ainda:

Uma apreensão por achar que os outros estão tendo experiências recompensadoras nas quais o indivíduo não está presente.

Podemos até mesmo nos sentir muito mal quando vemos nossas conexões virtuais passeando em praias paradisíacas, quando nosso colega de trabalho vai para um festival de música do outro lado do planeta. Achamos que nossa vida perdeu o significado: eu era quem devia estar em Mykonos, eu era quem deveria estar no Tomorrowland na Bélgica. Mas não, estou aqui varrendo a minha casa. E você começa a se sentir um nada, sem importância e sem significado na vida.

O medo de não morar na cidade da moda, de não trabalhar na empresa da moda, de não ter feito o curso da moda, de não ver os filmes e séries da moda, de não ler os livros da moda, de não seguir as pessoas da moda ou ainda de não ir para as festas da moda.

Veja o exemplo de como uma empresa pode se aproveitar da FOMO em forma de publicidade:

Dois empresários compraram uma ilha que pertencia a Pablo Escobar e tiveram a ideia de realizar um festival apenas para pessoas “selecionadas” na ilha. Fizeram um intenso trabalho com modelos e influenciadores nas mídias sociais para mostrar para as pessoas que elas precisavam estar lá. Os ingressos custavam até 100 mil dólares e todos foram vendidos em menos de 48h. O festival nunca aconteceu.

Lembre-se que somos seres coletivos, precisamos estar em constantes interações com outros da espécie. Tudo isso pode criar um sentimento de exclusão, achando que podemos ser deixados de lado nas rodas de amigos ou das conversas no trabalho. É contra a nossa natureza ficar sozinhos e ficamos com um medo natural disso.

Em pesquisa sobre este tema, me deparei com uma excelente palestra ministrada por Bobby Mook (veja clicando aqui). Nela, ele fala que a razão de sentirmos a FOMO é a dificuldade em responder essas perguntas:

  1. Eu serei lembrado?
  2. Alguma realização minha vai ser importante para alguém?
  3. Eu sou amado?
  4. Minha família me ama?
  5. Meus amigos me amam?
  6. Vale a pena me amar?

Tudo podendo ser resumido em uma pergunta:

Eu sou importante?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s