Hoje eu trouxe mais uma passagem de um filme que gosto muito, é de um dos clássicos da Pixar chamado Ratatouille.

O filme conta a história de Rémy, um rato que vive nos esgotos de Paris e quer se tornar um chef em um restaurante chique. Isso mesmo, um rato de esgoto que quer ser chef. Rémy é um leitor assíduo dos livros de receita de Auguste Gusteau, que vira uma espécie de “mentor imaginário” do roedor, já que faleceu após receber uma dura crítica por um prato que fez. Rémy termina chegando ao restaurante do seu mentor e sua luta para se tornar um chef começa, juntamente com Linguini, um recém-contratado pelo estabelecimento que fica encarregado pela limpeza da cozinha.

A passagem acontece quando uma entrevista de Gusteau está passando na TV e Rémy o está admirando através da tela (“Poesia pura”, fala ao escutar seu ídolo). O trecho que gostaria de destacar é:

Você não deve deixar que ninguém defina seus limites por causa de onde você vem. Seu único limite é sua alma.

Para ver a cena completa, é só assistir ao vídeo abaixo (inglês e sem legendas):

Uma criança fica entretida pelo filme por causa das suas piadas, brincadeiras e personagens em situações engraçadas. Entretanto, como na maioria dos filmes produzidos pela Pixar, nós começamos a perceber outro lado mais complexo da história quando viramos adultos. O protagonista do filme é um rato que ajuda sua comunidade farejando comida para saber se está envenenada ou não, porém, ele se destaca do resto por ter um sonho, e realizá-lo significa sair do que ele foi programado para fazer. Começa a ler livros de culinária e, a partir de então, arrisca tudo que tem, até sua reputação na família, para seguir seu sonho de cozinhar. Ele sofre, é perseguido (afinal de contas é um rato na cozinha) e só consegue fazer o que ama escondido na sombra de seu colega que, apesar de ter um coração imenso, não sabe cozinhar e leva todo o crédito do trabalho na mídia.

A frase dita por Gusteau reflete exatamente a jornada do filme: ninguém deve limitar o que você deve ser por causa do seu passado, nem de onde você vem. Um vendedor de água pode virar um palestrante internacional, por exemplo, e apenas você mesmo é que deve ser capaz de definir seu limite.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s